Busca no Blog.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Tentaremos Novamente

Força eu já não tenho
Só me restaram esperanças
Vamos voltar a brincar
Brincar como duas crianças.

Abriu-se novamente uma janela
Trazendo de volta a luz
Luz que ofusca e cega
Luz que apesar de tudo nos conduz.

O que você me pede
Sim, eu posso fazer,
Mais depende de você
Se vamos viver, ou novamente morrer.

Veja só voltará de novo
A essa estrada cheia de curvas
Só cabe a você dizer
Até onde continuam as duvidas.

Vamos tentar retomar o foco
Insistir na mesma estrada
Só espero que você me ajude
Porque sozinho não farei nada.

E agora como será?
Como era antes, duvido.
Viverei dias de desconfianças
Esse será meu castigo.
Viver sem saber exatamente como
Te amar, sem ouvir você dizer: te amo.


JUAN PATRICK

3 comentários:

  1. me emocionei em ler essas lindas poesias
    meus parabens!

    ResponderExcluir
  2. Nosso muitoo tocantee simplesmentee ameii!!
    è muitoO lindoO e emocionantee.

    ResponderExcluir