Busca no Blog.

domingo, 17 de maio de 2009

COFRE SEM SEGREDO

Você chega triste e calada
Não me olha e nem diz nada
Até finge que não me ver
Mesmo assim, olho pra você.

Sei que tudo deu em nada
Eu me perdi nessa estrada
Ontem mesmo eu pensei
Aonde que foi que eu errei...

Fiz de mim um guerreiro
Um cofre sem segredo
Nem de sonhos lembro mais
Minha vida ficou pra trás...

Refrão:
Vou á outro mundo buscar
Um alguém que me possa dar
Respeito e sinceridade
Que não se esconda da verdade.

Agora sou eu que passo
E não quero errar de novo
Já não sei lê explicar
Ta difícil de te olhar.

O passado é um trem carregado
De conversas e papo furado
Estou morrendo de feliz
De mentiras e de ciúmes...

Vou procurar um descanso
Por que estou muito cansado
Quero pára minha mente
Não suporto mais essa gente

2 comentários:

  1. Essa texto de poesia e muito legal cara ...
    parabens ...

    ResponderExcluir
  2. essa é simplismente demais!
    linda!

    ResponderExcluir