Busca no Blog.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

VIVER SEM RECEIOS

Quero ter a razão certa
Para acabar com essa história
Quero acordar em plena noite
Sem ter medo de nada
Sentir na pele o açoite
De uma sincera palavra.

Quero sentir nas mãos
As marcas do tempo
As feridas dos sonhos
Saradas com o vento
E os ventos são contínuos
O presente já é passado
Quero fazer meus planos
Sem precisar ser castigado
E permanecer entre loucos
Sem se sentir amargurado
Sentir a leveza dos gestos
E saber que nunca fui enganado.

O medo vem junto da dúvida
Mas a dúvida sempre dúvida do medo
Por isso não existe nem uma palavra
Que explique esse meu anseio
De querer fazer de minha vida
Somente aquilo que quero.

Um comentário:

  1. perfeita
    muito linda
    que sua inspiração se eleve muito mais
    abraços

    ResponderExcluir